Esperança, Reflexões

Uma boa notícia!

image_pdfimage_print

Hoje é 5 de abril de 2020. Muitos de nós estão jejuando por nossa Nação. Em São Paulo, estamos há quase 2 semanas em quarentena, e há pouco saiu a notícia de que o governador deve estender essa medida por mais 15 dias. Há uma guerra ao redor do mundo pela compra de respiradores, máscaras e por testes para o coronavírus.

Diante desse caos, o estresse, as crises de ansiedade, depressão e pânico têm sido comuns. Por isso, crescem os apelos nas redes sociais por boas notícias. Num esforço coletivo para se restaurar um mínimo de esperança e saúde emocional, proliferam as lives com shows, cultos, exercícios físicos em casa e até jantares através de vídeoconferências. Por outro lado, infectologistas, pesquisadores e cientistas são unânimes: o mundo não será mais o mesmo a partir dessa pandemia.

Independente de aceitarmos ou não, todas as relações sofrerão mudanças significativas, desde o trabalho remoto ao modo como nos comportamos na fila do banco, tudo vai mudar. Algumas dessas mudanças são boas, inclusive. Já há relatos de famílias restauradas pelo convívio, o perdão está no ar e você encontra gentileza até num aviso colado no elevador: “Se você é idoso, interfone no meu apartamento, que eu busco suas compras”.

Porém, mesmo diante de tudo isso, ainda há um mecanismo de defesa presente no inconsciente coletivo: a negação. Muitos ainda se negam a acreditar e a aceitar o que está acontecendo. Preferem não entrar em contato com a realidade e optam por não falar do assunto. Claro, isso é compreensível, mas nós cristãos não podemos cair nesse limbo por um simples motivo: nós já sabíamos.

Jesus não dourou a pílula ao falar desse tempo: “Haverá (…) peste em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais no céu.” (Lc. 21:11). As pessoas dessa geração certamente mandariam Jesus calar a boca e deixar de ser alarmista, mas Ele conclui: “…esse dia virá sobre TODOS que vivem na terra. Estejam sempre atentos e orem para serem considerados dignos de escapar dos horrores que sucederão e de estar em pé na presença do Filho do Homem”.

Eu sei que você deseja notícias boas, mas não se engane, esse mundo não é o nosso lar. A boa notícia é JESUS ESTÁ VOLTANDO!

Quem leu esta reflexão também gostou de

  • Uma igreja isoladaUma igreja isolada Durante muito tempo, nós, os cristãos, fomos ensinados a rejeitar a cultura pop. O diabo era cineasta, não podíamos ir ao cinema. O diabo […] Posted in Reflexões, Incoerência
  • Eu sou pior do que você imaginaEu sou pior do que você imagina Recentemente, recebi um daqueles eventuais ataques que trazem em si aqueles verbos tão cruéis: desmoralizar, ofender e machucar. Oras, não […] Posted in Reflexões, Graça
  • Creio na OraçãoCreio na Oração Não porque me disseram, não porque li. Não porque sinto, pois muitas vezes, não sinto. Não porque me dedico, tampouco porque “dá […] Posted in Notas
  • Luiz GonzagaLuiz Gonzaga Cresci ouvindo histórias da igrejinha no sertão, sempre regadas à muita música boa e no melhor estilo do brasileiríssimo […] Posted in Reflexões, Versos & Prosa

Publicado por Roger da Escola

L. Rogério (o “Roger da Escola”) é pai da Bia, fundador da Escola de Adoração, formado em Sistemas, Marketing, Comunicação e, em breve, Teologia. Fã do Cheescake Factory e de The Big Bang Theory.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *