Reflexões, Santificação

Não minta!

image_pdfimage_print

“Quando os homens do lugar lhe perguntaram sobre a sua mulher, ele disse: ‘Ela é minha irmã’. Teve medo de dizer que era sua mulher, pois pensou: ‘Os homens deste lugar podem matar-me por causa de Rebeca, por ser ela tão bonita’.” – Gn. 26:7

Não acredito em maldição hereditária, acredito em pecado aprendido. Isaque mentiu, e mentiu exatamente como mentira seu pai Abraão, e pior, na mesmíssima situação – embora Abraão tenha contado uma “meia verdade” – porém, sabemos que uma meia verdade é uma completa mentira.

Isaque não apenas copiou o mau comportamento do pai, mas usou a mentira sem a menor necessidade. Quem faz da mentira sua ferramenta de escape, acaba usando-a indistintamente em toda e qualquer situação, até quando não há qualquer necessidade de mentir, o faz por puro vício, quase um prazer.

A ideia de que herdamos um mal de nossos pais, do qual não podemos nos livrar a não ser por algum tipo de ritual é extremamente conveniente para justificar nossas mazelas. “Menti por medo”, “Menti para lhe proteger“, “Menti porque não sabia o que dizer” e assim, anestesiamos nossa culpa e nos convencemos de que estamos fazendo algo justificável.

As palavras do rei a Isaque são emblemáticas: “Você tem ideia do que você fez?” Parece-me que o mentiroso não tem a menor ideia das consequências de suas mentiras sobre a vida dos que lhe cercam!

Em nome de Jesus: não minta! Haja o que houver, não minta! Digo isso assim mesmo, sem poesia, sem frase de efeito, sem filosofar: não minta! Quando você mente, você destrói não apenas a sua vida, mas a de todos os que estão ao seu redor.

No amor do Pai,

Roger

Quem leu esta reflexão também gostou de

  • Adoração de GérsonAdoração de Gérson Era 1976 quando o jogador da Seleção Brasileira, Gérson, protagonizou o comercial dos cigarros Vila Rica e cravou uma das expressões mais […] Posted in Reflexões, Incoerência
  • PredadoresPredadores “Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, que […] Posted in Reflexões, Pastoral
  • O culto da vidaO culto da vida “Pedro declarou: ‘Ainda que todos te abandonem, eu não te abandonarei!’. Respondeu Jesus: ‘Asseguro-lhe que ainda hoje, esta noite, antes […] Posted in Reflexões, Pastoral
  • Quem quer milagre?Quem quer milagre? É impressionante como a Bíblia é contemporânea. Às vezes tenho a estranha sensação de que os escritores moram aqui ao lado. Observe João […] Posted in Reflexões, Incoerência

Publicado por Roger da Escola

L. Rogério (o “Roger da Escola”) é pai da Bia, fundador da Escola de Adoração, formado em Sistemas, Marketing, Comunicação e, em breve, Teologia. Fã do Cheescake Factory e de The Big Bang Theory.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *