Esperança, Reflexões

Sim, é muito pesado pra você!

image_pdfimage_print

Eu estava empolgado, era minha primeira viagem ao exterior. Pedi um determinado prato e um sequestro. Sim, nas minhas deslizadas no inglês, confundi guardanapo com sequestro. Bom, o garçom não pôde atender meu pedido, nem do sequestro (ufa!) nem do prato: “Senhor, o prato que o senhor pediu só é servido às 5 pm. O senhor quer esperar ou deseja pedir outro prato?” Obviamente, fui verificar as horas – pasme, faltavam 3 minutos para as 5!

É óbvio que, para nós, isso é um absurdo, mas a galera na gringa segue à risca o manual. Infelizmente essa regra não é muito praticada por aqui, principalmente no que diz respeito à fé cristã. Contudo o problema não está na pluralidade de ramificações evangélicas, mas no “evangelho popular”. Sabe aquela brincadeira do telefone sem fio? Pois é, mais ou menos assim.

E foi em uma dessas ligações de telefone sem fio que disseram que Deus não nos dá um fardo maior do que podemos suportar. Eu já escrevi sobre isso, mas (acredite) o Espírito Santo me ORDENOU a escrever exatamente essas palavras pra você: “Sim, é muito pesado pra você e está além das suas forças!”. Pelo amor de Deus, preste atenção nessas palavras e encaminhe esse texto para quem Deus colocar no seu coração: acreditar que você aguenta todo esse peso é insano! É ignorar a sua fragilidade humana. É acreditar num Deus sádico que parece ter prazer no seu sofrimento! Não, mil vezes não!

Foi Lucas quem disse: “Não aparecendo nem sol nem estrelas por muitos dias, e continuando a abater-se sobre nós grande tempestade, finalmente PERDEMOS TODA A ESPERANÇA de salvamento.” (At. 27.20). Ei, você leu isso? Eles perderam toda a esperança!

Permita-me ensinar algo a você: o que a Bíblia diz é que Deus “não permitirá que sejamos TENTADOS além do que podemos suportar.” Tem a ver com tentação, pecado! Tanto é que o versículo anterior diz: “Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!”

Ei, é hora de pedir ajuda! Em nome do Eterno, larga esse orgulho e reconheça que Deus colocou pessoas ao nosso lado, não apenas para nos apoiar, mas para que possamos reconhecer que somos humanos, limitados e dependentes dEle. Hoje, Deus tira de você esse fardo e diz: “É hora de dividi-lo com alguém”.

No amor do Pai,

Roger

Quem leu esta reflexão também gostou de

  • 4 loucos4 loucos De repente, Jonas sussurra: “Tiagão, tive uma ideia!” “Mano, lá vem o Jonas ‘cá zideia’ furada dele. Qual é dessa vez?” – debochou […] Posted in Reflexões, Comunhão
  • A insanidade nossa de cada preceA insanidade nossa de cada prece Josué estava exausto. Havia caminhado a madrugada inteira para atender um pedido de socorro. Passara o dia inteiro guerreando e, mesmo […] Posted in Reflexões, Oração
  • AdmirávelAdmirável Era o último culto de domingo antes da virada e fui me despedir do Rodrigo. Papo vai, papo vem, e ele me convida pra passar o ano com […] Posted in Reflexões, Pastoral
  • Uma igreja febrilUma igreja febril Em julho de 2015, Thalles Roberto disse que “cantar no meio gospel era como bater em bêbado” e que Deus havia lhe dito: “Você está acima […] Posted in Reflexões, Pastoral

Publicado por Roger da Escola

L. Rogério (o “Roger da Escola”) é pai da Bia, fundador da Escola de Adoração, formado em Sistemas, Marketing, Comunicação e, em breve, Teologia. Fã do Cheescake Factory e de The Big Bang Theory.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *